I really Like

music icon

I really like...


While My Guitar Gently Weeps


video-playplay

I look at you all see the love there that's sleeping
While my guitar gently weeps
I look at the floor and I see it needs sweeping
Still my guitar gently weeps.

I don't know why nobody told you
How to unfold your love
I don't know how someone controlled you
They bought and sold you.

I look at the world and I notice it's turning
While my guitar gently weeps
With every mistake we must surely be learning
Still my guitar gently weeps.

I don't know how you were diverted
You were perverted too
I don't know how you were inverted
No one alerted you.

I look at you all see the love there that's sleeping
While my guitar gently weeps
Look at you all...
Still my guitar gently weeps.

beatles-1968-like beatles-1969-like My first big band, don't need presentation...
For more go to
The Beatles


ornam-white
last posts

Últimas publicações

Last posts

music

Singers & Bands

alessia-last-know-it-all

Alessia Cara

KNOW-IT-ALL é o nome do album de estreia desta menina canadiana de origem italiana. Tem um estilo muito caracteristico que por certo nos vai proporcionar futuramente mais surpresas agradáveis...     read +


music

Singers & Bands

sia-wild

Amazing Sia!

Surpreendente mesmo... Estou habituado a ouvir este som e estou sempre tentando imaginar quem está por trás da voz...     read +


highlights

Destaques

Highlights

music

Singers & Bands

sia-wild

Amazing Sia!

Surpreendente mesmo... Estou habituado a ouvir este som e estou sempre tentando imaginar quem está por trás da voz...     read +


music

Singers & Bands

sia-wild

Amazing Sia!

Surpreendente mesmo... Estou habituado a ouvir este som e estou sempre tentando imaginar quem está por trás da voz...     read +


ornam-white
album-covers-my-life

The Album Covers of My Life


As capas dos discos da minha vida

music icon

The album covers of my life


The album covers of my life




ornament-white
singers-bands

Singers & Bands / Artists & Musicians

music icon

Singers & Bands / Artists & Musicians

singer-icon

Debut by decade index

  • This century
    2010s
    2000s
  • Last century
    1990s
    1980s
    1970s
    1960s
    1950s
    1940s
    1930s
    1920s
    1910s
    1900s
    singers-my-full-idx-lk

Singers & Bands / Artists & Musicians debuted in the 2010s

music icon

Singers & Bands / Artists & Musicians

Debuted in the 2010s

2010s-deb-175

Alessia Cara

Album
2015 - Know-It-All
EP
2015 - Four Pink Walls
Covers
alessia-cara-2015-know-it-allx120
alessia-cara-2015-four-pink-wallsx120

Performing
alessia-cara-performing
Alessia Cara: "I was told my goals were unrealistic"
⇢ bbc.com/news
Songs
- Four Pink Walls (2015)
- Here (2015)
- I'm Yours (2015)
- My Song (2015)
- Outlaws (2015)
- Overdose (2015)
- River Of Tears (2015)
- Scars To Your Beautiful (2015)
- Seventeen (2015)
- Stars (2015)
- Stone (2015)
- Wild Things (2015)
- How Far I'll Go (2016)
Highlights
- I'm Yours Legendado PT-BR
- Scars To Your Beautiful Legendado
- Shawn Mendes - Here (Alessia cover)
- Sweater Weather (2013 cover)
- Wheel of Musical Impressions

alessia-cara-billboard
Alessia Cara, noted Wild Thing, to receive Billboard's Rule-Breaker Award
⇢ popcrush.com
alessia-cara-performing
Alessia Cara Nashville 2016
⇢ 901music.me

KNOW-IT-ALL
KNOW-IT-ALL é o nome do album de estreia desta menina canadiana de origem italiana. Tem um estilo muito caracteristico que por certo nos vai proporcionar futuramente mais surpresas agradáveis.

A Special One
Salvaguardando as devidas diferenças, a mim fez-me lembrar algumas passagens da Ayo de há 10 anos atrás, mas não confundir lembranças com cópia pois na realidade o que mais me chamou a atenção na Alessia foi mesmo a autenticidade... Para além do talento natural que ela já demonstra neste 1º album ela apresenta-se com um estilo muito próprio e inovador o que a torna desde logo numa "special one"... Cool, very cool cool cool

Joao Couto, 14/ Jan/ 2017


ornament-white

Singers & Bands / Artists & Musicians debuted in the 2000s

music icon

Singers & Bands / Artists & Musicians

2000s-debut


music icon

Singers & Bands / Artists & Musicians

Debuted in the 2000s

2000s-deb-175

Adele

The Voice
Uma voz única, um talento enorme... Será que consegue manter este nível em próximos trabalhos?... Vamos aguardar, as expectativas estão bastante altas... JC, 31/ Dez/ 2012

The Critics
Alguns criticos queriam mais... Coitados, são uns infelizes... JC, 25/ Fev/ 2017


ornament-white

Singers & Bands / Artists & Musicians debuted in the 1990s

music icon

Singers & Bands / Artists & Musicians

1990s-debut


music icon

Singers & Bands / Artists & Musicians

Debuted in the 1990s

1990s-deb-175

Sia

sia-perform-face sia-perform-body

Amazing Sia!
Surpreendente mesmo... Estou habituado a ouvir este som e estou sempre tentando imaginar quem está por trás da voz... Beyoncé? Rihanna? Katy Perry?  Pois, nunca tinha antes ouvido falar duma tal de Sia!!! Já está na minha lista de favoritos... E não é só pela voz, os seus shows e vídeos estão carregados de bom gosto, imaginação e criatividade...

A Confusão?
A verdade é que ela escreve algumas das canções mais famosas de muitos artistas incluindo dessas três meninas aí acima e sem dúvida a minha confusão vem daí porque o ser humano sempre assimila algo de quem admira e elas por certo se admiram mutuamente... smiley icon10

Joao Couto, 24/ Dez/ 2014


ornament-white

Singers & Bands / Artists & Musicians debuted in the 1980s

music icon

Singers & Bands / Artists & Musicians

1980s-debut


music icon

Singers & Bands / Artists & Musicians

Debuted in the 1980s

1980s-deb-175

Alphaville

Forever Young
O primeiro album "Forever Young" que é também o nome da principal canção é muito bom... Surge já na fase avançada da denominada new wave e é até uma música mais virada para os teclados e sintetizadores mas esse disco foi mesmo muito bem conseguido com 3 singles a atingir o top em alguns países... O resto da discografia dos Alphaville, que foram buscar o nome da banda ao título de um filme, é para mim uma descoberta recente e fica aqui acima registada...


ornament-white

Singers & Bands / Artists & Musicians debuted in the 1970s

music icon

Singers & Bands / Artists & Musicians

1970s-debut


music icon

Singers & Bands / Artists & Musicians

Debuted in the 1970s

1970s-deb-175

Bob Geldof
& The Boomtown Rats

bob-geldofx158

5 *****
Os Boomtown Rates são um dos meus grupos favoritos da Era New Wave... Com um som e um estilo inconfundíveis, há até quem diga que têm um lado Punk... icon10
Os seus LP's conquistaram facilmente o seu espaço nas prateleiras do pessoal no final dos anos 70, naturalmente com grande protagonismo e com a marca pessoal do Bob Geldof que dá voz e cara aos Rats... Five ***** smiley

The Book
O site oficial do Bob Geldof está muito bem conseguido... Apresenta-se como um livro onde basta clicar nas páginas, direita /esq, para avançar ou retroceder uma página de cada vez... Estaria ainda mais ao meu gosto se as páginas estivessem numeradas mas, não está mal, está até quase perfeito pois podemos avançar por capítulos... icon10 icon10

Bob Geldof Talking, Under The Influence
A seguir uma passagem do livro online acima referido:

«That same summer of '75 when I heard Dr. Feelgood in my friend's flat and was utterly shocked by its greatness, my mate went on to floor me with something that, for me, was so utterly original, passionate, political, rhythmically amazing and lyrically incendiary Catherdal music that I couldn't take it in. I borrowed both albums, The Feelgood's and Bob Marley's "Catch a Fire". They were the records that the Rats tried to learn in the beginning...»

Esta passagem está no capítulo "Bob Geldof Talking, Under The Influence", 6ª página, onde ele fala da onda Punk, etc... Para ir até lá mais rápido, clicar no link aqui abaixo, depois no separador acima "MUSIC", depois em "Discography" e finalmente em "The Under The Influence Compilation Album"... Lá, o Geldof fala das influências que moldaram os Rats... link aqui


ornament-white

Singers & Bands, Artists & Musicians debuted in the 1960s

music icon

Singers & Bands / Artists & Musicians

1960s-debut


music icon

Singers & Bands / Artists & Musicians

Debuted in the 1960s

1960s-deb-175

The Beatles

Playlist
video-playplay all
- Breathe Me (2004)
- Lentil (2008 / Live)
- Soon We'll Be Found (2008)
- Buttons (2008)
- Clap Your Hands (2010)
- You've Changed (2010)
- She Wolf (Falling To Pieces) (2011)
- Titanium (2011)
- Chandelier (2014)
- Big Girls Cry (2014)
- Eye of the Needle (2014)
- Straight for the Knife (2014)
- Elastic Heart (2014)
- Fire Meet Gasoline (2014)
- You're Never Fully Dressed Without a Smile (2014 Film Version)
- Opportunity (2014 Sia Version)
- The Greatest (2016)
- Cheap Thrills (2016)
Highlights
- Elastic Heart (Jimmy Kimmel)
- Elastic Heart (Legendado)
- Sia carpool karaoke (w/ James Corden)
- Sia Reveals Why She Hides Her Face (abc NEWS)
beatles-hard-days-cenex140

Esses cabeludos!
Os Beatles nos anos 60 eram um tema presente na vida de muitas famílias portuguesas incluindo a dos meus pais mas a 1ª memória que eu tenho dos Beatles remonta só lá para o final da década, por volta dos meus 10/12anos, e é a do meu pai a dizer para a minha mãe que "nunca permitiria que os meus filhos andassem por aí como esses cabeludos"... Pois!!

E então?
A realidade é que a música desses cabeludos era tão cativante que rapidamente se difundiu por esse mundo fora como se fosse um vírus e, coisa incrível, o cabelo do pessoal tal como os dos Beatles, com a idade foi mesmo crescendo até que, imaginem, virou moda... Pois!! smiley icon10

Joao Couto, 24/ Dez/ 2014

beatles-livex800

music icon

Singers & Bands / Artists & Musicians

Debuted in the 1960s

1960s-deb-175

David Bowie

david-bowie-x200 david-bowie-x229

O David Bowie não foi um dos eleitos da minha adolescência... Alguns dos seus albums passaram lá por casa mas nenhum se impôs, eventualmente apenas porque não calhou, havia muita oferta de música, havia sempre amigos para trocar e emprestar albums e alguns vinis poucas vezes gastavam a agulha... Contudo, no virar da década de 70 o Bowie entrou no espírito pop da new wave sobremaneira com o LP "Scary Monsters" e depois em 83 com o super comercial "Let's Dance", entrou na onda de cabeça como se costuma dizer e, com aquele estilo de art/ glam/ pop rock, começou a ter um maior destaque nos mídia, sobretudo nas rádios que passavam a sua música com grande frequência...

Um episódio que ilustra essa maior 'democratização' da música do Bowie remonta ao final dos anos 80 quando alguém pinta no muro do infantário, frente ao hospital de Espinho, em letras que se poderiam ler a 'kms' ... "THIS IS NOT AMERICA"... Uma memória que eu trago para sempre porque passei por lá durante anos, todos os dias a caminho do trabalho, eheh...

Também interessante registar, em meados dos anos 70 nasceu uma revista de música em Portugal, se não me equivoco chamava-se "Música & Som", que eu comprava de vez em quando, inclusive desde o 1º número... Tem várias passagens de que eu me lembro e uma delas era sobre a música do Bowie... Dizia alguém que durante anos, na década de 60, ninguém ligou nada à música do artista até que um dia ele teve a ideia de se vestir de modo extravagante para um espectáculo ao vivo e a coisa terá resultado bem... Tão bem que chamou assim a atenção dos críticos, falaram do assunto, passou mais vezes na rádio e os fans Bowie logo se multiplicaram...

david-Bowie-performingx750

O engraçado da coisa é que o talento ele já o tinha mas ninguém reparava nele, foi preciso uma habilidade para passar a ser notado o que me leva a concluir que muitos talentos terão ficado pelo caminho e se terão apagado para sempre ao não terem tido a sorte de um clique, um ligeiro destaque, um pequeno pormenor que os tivesse catapultado para o conhecimento do grande público...

Hoje a coisa é bem diferente, caçam-se talentos de outra forma nesses programas de TV que atingem as 'massas' fortemente... Com certeza será positivo em alguns aspectos e menos positivo noutros e quem escrever no futuro a história do presente o avaliará mas eu gosto mesmo é dos talentos que se 'fazem' por si próprios, pelo menos no arranque, a pulso como se costuma dizer... Nos dias que correm, vão para o youtube e aí vai disto... A Alessia Cara é um bom exemplo...

Joao Couto, 25/ Mar/ 2017


ornament-white

Singers & Bands / Artists & Musicians debuted in the 1950s

music icon

Singers & Bands / Artists & Musicians

1950s-debut


music icon

Singers & Bands / Artists & Musicians

Debuted in the 1950s

1950s-deb-175

Shirley Bassey

DSB - Dame Shirley Bassey
A minha geração cresceu nos anos 60 e 70 a ouvir a voz da SB que passava com certa regularidade na rádio ou não fosse ela para muitos a artista nº 1 do Reino Unido, mais tarde reconhecida e agraciada pela Rainha com o título de Dama... Sucessos como "Reach For The Stars", "I (Who Have Nothing)", "Goldfinger", "This Is My Life", "Diamonds Are Forever", "Never, Never, Never" e tantos outros, são interpretações memoráveis, intemporais... smiley

shirley-basseyx750

ornament-white

Singers & Bands / Artists & Musicians debuted in the 1940s

music icon

Singers & Bands / Artists & Musicians

1940s-debut


ornament-white

Singers & Bands / Artists & Musicians debuted in the 1930s

ornament-white

Singers & Bands / Artists & Musicians debuted in the 1920s

music icon

Singers & Bands / Artists & Musicians

1920s-debut


ornament-white

Singers & Bands / Artists & Musicians debuted in the 1910s

music icon

Singers & Bands / Artists & Musicians

Debuted in the 1910s

1910s-deb-175

Jimmie Noone

bob-geldofx158

Apex Club
Noone started playing guitar in his home town; at the age of 15, he switched to the clarinet and moved to New Orleans, where he studied with Lorenzo Tio and with the young Sidney Bechet, who was only 13 at the time. By 1912, he was playing professionally with Freddie Keppard in Storyville, and played with Buddy Petit, Kid Ory, Papa Celestin, the Eagle Band, and the Young Olympia Band, before joining the Original Creole Orchestra in Chicago, Illinois in 1917. The following year, he joined King Oliver's Creole Jazz Band, then in 1920 joined Keppard in Doc Cook's band which he would remain with for six years, and make early recordings with. In 1926, he started leading the band at Chicago's Apex Club. This band, Jimmie Noone's Apex Club Orchestra, was notable for its unusual instrumentation—a front line consisting of just Noone and alto saxophonist/clarinetist Joe Poston, who had worked with Noone in Doc Cook's band. The influential Pittsburgh-born pianist Earl Hines was also in the band for a time.

Best seller
Noone signed with Brunswick in May, 1928 and was assigned to their Vocalion label. From his first session yielded "Four or Five Times" b/w "Every Evening (I Miss You") (Vocalion 1185), which was a best seller. He continued recording for Vocalion prolifically through February, 1935. He then signed with Decca in early 1936 and one session each for Decca in 1936, 1937 and 1940. He did one session for Bluebird also in 1940.

Blues for Jimmie
In 1935, Noone moved New York City to start a band and a (short-lived) club with Wellman Braud. He then returned to Chicago where he played at various clubs until 1943, when he moved to Los Angeles, California. Shortly after he joined Kid Ory's band, which was featured for a time on a radio program hosted by Orson Welles. Noone played a few broadcasts with the band, but died suddenly of a heart attack. The Ory band, with New Orleans-born clarinetist Wade Whaley, played a blues (titled "Blues for Jimmie" by Welles) in his honor on the radio, and the number eventually became a regular feature for the Ory band.
Link ... redhotjazz ... archive


ornament-white

Singers & Bands / Artists & Musicians debuted in the 1900s & earlier

ornament-white